Retinopatia: controlar a hipertensão e o diabetes é fundamental

  • 23/05/2022

Retinopatia: controlar a hipertensão e o diabetes é fundamental

Hipertensão e diabetes são graves comorbidades que precisam ser evitadas ou controladas pois representam riscos para a saúde, inclusive para a saúde ocular e as doenças que podem causar cegueira, como a retinopatia, doença da retina que atinge milhões de brasileiros.

Embora outros fatores também contribuam para o desenvolvimento da retinopatia, a hipertensão e o diabetes estão entre os principais riscos, uma vez que o aumento da pressão arterial e os altos níveis de glicose no sangue prejudicam bastante os vasos da retina, com graves danos para a visão. 

 

Mas retinopatia pode ficar silenciosa, apresentando sintomas somente quando já está em estágio avançado, por isso é fundamental que os hipertensos e diabéticos façam visitas periódicas ao oftalmologista e fiquem atentos a esses sinais: 

  • Visão embaçada
  • Sensibilidade à luz
  • Perda de visão central ou periférica
  • Dores de cabeça frequentes

Prevenção

 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, cerca de 40% dos diabéticos apresentam alterações oftalmológicas, e praticamente todo diabético é hipertenso.

Portanto, controlar essas comorbidades é fundamental, assim como investigar o histórico familiar e ter acompanhamento oftalmológico.

 

Além disso, é recomendando mudar hábitos de vida e priorizar uma rotina saudável, evitando cigarro, excesso de sal, alimentação desequilibrada e sedentarismo – fatores que contribuem, e muito, para o desenvolvimento da hipertensão e do diabetes. 

 

Além da retinopatia, o diabetes também é fator de risco para o glaucoma e a catarata.

 

Leia também:

Deslocamento de retina

Cuidados com os olhos

X
Conversar agora
Como posso te ajudar?
Olá!
Como posso te ajudar?