Deslocamento de retina

  • 25/02/2022

Deslocamento de retina é grave e de urgência médica

O descolamento da retina é uma grave doença e uma urgência médica que, quando não tratada de forma correta, e rapidamente, pode evoluir para perda total da visão. Pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais frequente depois dos 40 anos.
A retina é uma camada do fundo do olho composta por células nervosas responsável em formar a imagem, que é levada pelo nervo do olho até o cérebro aonde a visão é formada. O descolamento ocorre quando a retina se separa da parede posterior do olho, ficando sem nutrição e iniciando um processo de degeneração e morte celular.

Os sintomas

• Visão turva e embaçada
• Sombra central ou periférica, dependendo da região da retina afetada, que progride à medida que o deslocamento evolui
• Flashes luminosos e “moscas volantes” (sensação de insetos voando diante dos olhos)
• Nos casos mais graves, perda total da visão

Os principais fatores de risco

• Alto grau de miopia
• Cirurgia anterior de catarata
• Glaucoma
• Trauma nos olhos, na face ou na cabeça
• Diabetes descompensado
• Tumores e processos inflamatórios
• Histórico familiar da doença
• Degeneração do vítreo

Tratamento

O tratamento depende da gravidade e da localização do deslocamento da retina, mas na grande maioria dos casos uma intervenção cirúrgica basta para reverter, mas há casos que podem exigir novos procedimentos ou mais de uma técnica terapêutica.

Procure imediatamente um oftalmologista se notar qualquer tipo de alteração visual e não use colírio sem indicação médica.

Leia também:
Cuidados com os olhos na terceira idade

X
Conversar agora
Como posso te ajudar?
Olá!
Como posso te ajudar?